medo de quem tem medo

Há uns anos atrás uma antiga colega disse uma frase que não entendi muito bem na altura: “…eu tenho medo de quem tem medo…” Na semana passada entendi perfeitamente o que ela queria dizer com isto. Não me considero uma pessoa extraordinariamente corajosa (já tive os meus momentos de coragem e de cobardia como toda a gente), e tento não julgar (difícil!), porque as nossas atitudes são muito complexas, resultado das nossas vivências, traumas, vitórias, e muito menos dar lições de moral. Errar é humano. Mas tocou-me muito ver alguém próximo ser prejudicado porque outros não tiveram coragem de assumir os seus actos. E em geral quem sai a perder são os “pequeninos”, os elos mais frágeis de uma relação. Há males que vêm por bem, diz a sabedoria popular; e espero que mais uma vez ela tenha razão.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s