Qual é o teu Sonho?

– Quando considero a brevidade da existência dentro do pequeno parêntese  do tempo e reflicto sobre tudo o que está além de mim, enxergo a minha pequenez. Quando considero que, um dia, tombarei no silêncio de um túmulo, tragado pela vastidão da existência, compreendo as minhas extensas limitações e, ao deparar-me com elas, deixo de ser deus e liberto-me para ser apenas um ser humano. Saio da condição de centro do universo para ser apenas um transeunte nas trajectórias que desconheço… extraído de Cury, Augusto, “O Vendedor de Sonhos”.

vendedor-de-sonhos

Ainda não terminei de o ler, ainda vou a meio, mas a leitura promete. Faz-me recordar que tenho de pôr mãos à obra e desnudar-me de ideias, sentimentos, preconceitos no percurso em direcção a uma vida melhor, mais autêntica, com mais sabor.

Já agora, e não menos importante 😉 a Livros d’Hoje compromete-se a realizar o sonho do leitor considerado mais original pelo próprio Cury. Basta para isso escrevê-lo no postal disponível no interior do livro e enviá-lo pelo correio (…e viva o marketing!). O vencedor será anunciado no dia 4 de Maio.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s