Murakami for LV

As grandes casas que se dedicam à produção e venda de artigos de luxo têm vindo a associar-se a proeminentes nomes do mundo das Artes. Mais do que artigos vendem imagem, um imaginário, um estilo de vida. Porque “não compramos marcas, mas uma identidade”. Prada casa com Koolhaas ou deMeuron, Chanel com Zaha Hadid e por aí fora no sentido de competir pela construção da maior catedral de consumo ou da criação do anúncio com maior impacto (veja-se LV com Sophia Coppola, ou mesmo Gorbachev! através do olhar genial de Leibovitz). A experiência de compra transforma-se na exaltação dos sentidos, um momento que se quer eterno na memória do consumidor. Este é o mundo em que se movem as grandes marcas, frio, calculista, mas do qual não deixam de resultar combinações fascinantes que tornam as nossas metrópoles mais bonitas…

Um dia gostaria de ir ao Japão. Imagino que seja mais ou menos assim… 😉

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s